Short of the Day #35



"Film lives and breathes".
GOING DARK: THE FINAL DAYS OF FILM PROJECTION é um "lutuoso" documentário sobre uma ocupação — o projeccionista das salas comerciais de cinema — virtualmente extinta pela rendição da indústria à sua avassaladora conversão ao digital. Apesar da longevidade da profissão, os realizadores Jason Gwynn e Jay Sheldon demoram o seu tempo em explicar os básicos da projecção em película, reiterando a emocionalidade (que talvez convenha preservar) do meio pelo qual se deu a ver Cinema durante mais de cem anos.



  • . Ficha Técnica / Credits:
Realização e FotografiaJason Gwynn, Jay Sheldon
ProduçãoJason Gwynn
MúsicaJonathan Paulsen
Ano2013
PaísEUA

0 comentários:

Short of the Day #34



Como se de um desenho animado se tratasse, a câmara de István Szabó flutua livremente em KONCERT. Assim como o criativo desejo de liberdade de expressão, incitado pela presença de um piano — destaque obrigatório para a sonoplastia desta curta-metragem — ambulante, num filme de simples mas poderosa mensagem política.



  • . Ficha Técnica / Credits:
RealizaçãoIstván Szabó
ProduçãoEzra R. Baker
FotografiaThomas Vámos
Ano1962
PaísEUA / Hungria

0 comentários:

HARD TO BE A GOD (2013, Aleksey German)



O Deus da Ignorância e da Imundície não precisa de um Renascimento.
HARD TO BE A GOD (a.k.a. TRUDNO BYT BOGOM) é o produto de treze anos da obsessão de um realizador que não sobreviveu para testemunhar a sua estreia: uma obra de ficção-científica, sem nunca sentirmos os mecanismos próprios do género, movida pela observação do fracasso da Humanidade em atingir o controlo total de tudo o que a rodeia. Mas a experiência é o que, realmente, sobressai no derradeiro filme de German, onde a textura temática torna-se palpável (o sangue, a lama, os excrementos e as vísceras são um detalhe constante e literalmente arremessado contra a objectiva) na conjugação de um Cinema como há muito não se forja.



  • . Ficha Técnica / Credits:
RealizaçãoAleksey German
ProduçãoViktor Izvekov, Leonid Yarmolnik
ArgumentoAleksey German, Svetlana Karmalita
FotografiaVladimir Ilin, Yuri Klimenko
ElencoLeonid Yarmolnik (Don Rumata), Aleksandr Ilin (Arata), Yuriy Tsurilo (Don Pampa), Evgeniy Gerchakov (Budakh), Aleksandr Chutko (Don Reba)
Ano2013
PaísRússia

0 comentários:

Short of the Day #33



Na atmosférica apresentação da história de um solista em pleno cerco de Leninegrado, durante a Segunda Guerra Mundial, SOLO constitui-se como particular introdução ao cinema do realizador e téorico Konstantin Lopushansky. Há imensos traços que poderíamos reconhecer como homenagem a Tarkovsky, mas a estética de Lopushansky demonstra aqui uma vincada apresentação: os interiores escuros, a música fatídica, o profundo respeito pelas personagens.



  • . Ficha Técnica / Credits:
RealizaçãoKonstantin Lopushansky
ArgumentoAlbina Shulgina
FotografiaAnatoliy Lapshov
Ano1980
PaísUnião Soviética

0 comentários:

The Short Guide to MOTELx 2014



Competição Oficial de Curtas-Metragens do MOTELx 2014.

Short Films Competition for MOTELx 2014.


  • A MORTE É O ÚNICO PERDÃO (Rui Pilão)

  • Um toxicodependente enfrenta os seus demónios, numa luta desigual e angustiante, numa casa abandonada que vai ganhando a forma de um túmulo.

    A drug-addict faces his demons, in an uneven and harrowing fight, inside an abandoned house that slowly becomes a tomb.


  • BODAS DE PAPEL (Francisco Antunez)

  • Um casal passa um fim-de-semana romântico numa casa de campo, mas situações estranhas irão empurrá-los na direcção de um caminho sem retorno.

    A couple spends a romantic weekend in the country, but a series of strange situations will push them towards a road with no return.


  • CONTACTOS 2.0 (Bernardo Gomes de Almeida, Rodrigo Duvens Pinto)

  • Um homem adquire uma aplicação para telemóvel que lhe confere um poder terrível sobre os seus contactos.

    A man purchases an underground application that gives its user a terrible power over his contacts.


  • DE MORRER A RIR (Leonardo Dias)

  • Um banquete entre dois homens é interrompido por pequenos acidentes em cadeia, como peças de dominó que se precipitam em direcção à tragédia.

    A banquet for two men is interrupted by a chain of small accidents, like domino tiles falling towards a tragedy.


  • DEMÊNCIA (Rafael Almeida)

  • Um jovem, confinado às quatro paredes de uma casa, perde, pouco a pouco, a sua sanidade mental.

    Confined between four walls, a young man loses his sanity, little by little.


  • DENTES E GARRAS! (Francisco Lacerda)

  • Um militar embriagado acidentalmente solta um monstro pré histórico que devora e destrói quem se atravessar no seu caminho.

    A drunk soldier releases by accident a pre-historic monster that devours everybody on its way, until a hero willing to face it enters the scene.


  • EPOH (Pedro Pinto)

  • Um casal tenta salvar a relação num barco à vela no oceano, quando se vêem forçados a descobrir até onde conseguem ir em nome da sobrevivência.

    A couple seeking to revive their relationship on a sailing boat is forced to learn about the turnarounds of life and what one can do for survival.


  • FORBIDDEN ROOM (Emanuel Nevado, Ricardo Almeida)

  • Quando Margueritte se torna rainha, o futuro parece ir para além dos seus sonhos. Mas o Rei impõe uma restrição que oculta um terrível castigo.

    When Margueritte becomes Queen the future seems far beyond her highest dreams. But the King imposes a restriction which hides a nameless punishment.


  • GATA MÁ (Eva Mendes, Joana de Rosa, Sara Augusto)

  • A história de uma menina diferente, cujos melhores amigos são gatos. Baseada num caso real.

    The story of a little girl different from the others, whose best friends are cats. Based on a true story.


  • MARIA (Joana Viegas)

  • Um homem tenta criar a filha, enquanto tudo faz para esconder um segredo tenebroso que só partilha, em confissão, com o padre da aldeia.

    A man tries to raise his daughter doing everything he can to hide a dreadful secret, only shared, under confession, with the village priest.


  • OFFLINE (Pedro Rodrigues)

  • Uma mulher é amarrada com película a uma cadeira e rodeada de câmaras. Uma mente perturbada observa e filma, à procura de um desfecho para o filme.

    A woman is tied up with celluloid to a chair and surrounded by cameras. A disturbed mind watches and shoots, looking for an end to the film.


  • PELA BOCA MORRE O PEIXE (João P. Nunes)

  • Anos de pesca ilícita tornaram-no famoso no seio de um grupo restrito que partilha a paixão pelo grotesco e ilegal. Um dia, passa de caçador a presa.

    Years of illegal fishing made him famous among those that share a passion for the grotesque and the unlawful. One day, the hunter becomes prey.


  • SE O DIA CHEGAR (Pedro Santasmarinas)

  • João e a filha, Matilde, são raros sobreviventes num mundo pós-apocalíptico. O amor incondicional do pai impele-o a preparar a filha para o pior.

    Matilde and João, her father, are survivors in a post-apocalyptic world. The father’s unconditional love forced him to prepare his daughter for the worse.


A programação completa do MOTELx 2014, que decorrerá de 10 a 14 de Setembro, pode ser consultada no site oficial do festival.
The full programme of MOTELx 2014, which will take place from September 10 to 14, can be accessed in the official site of the festival.

0 comentários:

Short of the Day #32



"Not one would mind, neither bird nor tree, if mankind perished utterly."
Adaptado de um conto de Ray Bradbury, o realizador uzbeque Nazim Tulyakhodzayev traça, em THERE WILL COME SOFT RAINS (a.k.a. BUDET LASKOVYY DOZHD), um pesaroso e perturbador retrato pós-apocalíptico: um mundo sem vestígio de Humanidade, no qual a Natureza nem a inteligência artificial pouco dão pela diferença.



  • . Ficha Técnica / Credits:
Realização / ArgumentoNazim Tulyakhodzayev
ProduçãoA. Rozendorn
MúsicaG. Verlotskaya
Ano1984
PaísUnião Soviética

0 comentários:

Short of the Day #31



O mundo aos pés de Steven Spielberg.
John Candy e Dan Aykroyd reuniram, em 1987, uma miríade de personalidades de Hollywood (Robin Williams, George Lucas, Michael Jackson, Amy Irving, Michael J. Fox, Richard Dreyfuss, Dennis Weaver, Drew Barrymore, Christian Bale, Barbra Streisand, Penny Marshall, Whoopi Goldberg, Robert Zemeckis...) para assinalar o 40.º aniversário de Steven Spielberg. Eis o quase desaparecido CITIZEN STEVE, uma paródia directa ao retrato de Charles Foster Kane em O MUNDO A SEUS PÉS (1941) que tem tanto de homenagem como de adulação. Nem que seja por essa dicotomia, é uma curta que merece atenta visualização.



  • . Ficha Técnica / Credits:
Realização / ArgumentoJohn Candy, Dan Aykroyd
ProduçãoAmy Irving
Ano1987
PaísEUA

0 comentários:

LA PRISONNIÈRE (1968, Henri-Georges Clouzot)



A arte cinética.
Último filme onde Henri-Georges Clouzot demonstrou todo o seu formalismo visual, LA PRISONNIÈRE (a.k.a. WOMAN IN CHAINS) apresenta uma história de amor nas raias do sadomasoquismo como metáfora para os extremos e sacrifícios da criação artística realmente impregnadora. Se mais provas fossem necessárias, os últimos seis minutos do legado cinematográfico de Clouzot atestam uma estética de exuberante rigor formal, reinvocando o sentido do quão magnífico seria o INFERNO que Clouzot, juntamente com a irresistível Romy Schneider, nunca concretizou.



  • . Ficha Técnica / Credits:
RealizaçãoHenri-Georges Clouzot
ProduçãoRobert Dorfmann
ArgumentoHenri-Georges Clouzot, Monique Lange, Marcel Moussy
FotografiaAndréas Winding
MontagemNoëlle Balenci
ElencoLaurent Terzieff (Stanislas Hassler), Elisabeth Wiener (Josée), Bernard Fresson (Gilbert Moreau), Dany Carrel (Maguy)
Ano1968
PaísFrança / Itália

0 comentários:

10 Pecados Cinematográficos

São muitos os clássicos considerados como incontornáveis que, até à data e "por esta ou aquela razão", nunca frui ao longo da minha experiência de cinefilia. Em tom confessional, aqui ficam os dez pecados cinematográficos mais graves — alinhados cronologicamente e a necessitar de célere visualização:

  • . DER LETZTE MANN (a.k.a. O ÚLTIMO DOS HOMENS ou THE LAST LAUGH, 1924, F.W. Murnau)



  • . NAPOLÉON (1927, Abel Gance)



  • MAN OF ARAN (a.k.a. O HOMEM E O MAR, 1934, Robert J. Flaherty)



  • HIS GIRL FRIDAY (a.k.a. O GRANDE ESCÂNDALO, 1940, Howard Hawks)



  • JALSAGHAR (a.k.a. O SALÃO DE MÚSICA, 1958, Satyajit Ray)



  • POPIÓL I DIAMENT (a.k.a. ASHES AND DIAMONDS 1958, Andrzej Wajda)



  • GERTRUD (a.k.a. GERTRUDES, 1964, Carl Theodor Dreyer)



  • IF... (a.k.a. SE..., 1968, Lindsay Anderson)



  • LA MAMAN ET LA PUTAIN (a.k.a. A MÃE E A PUTA, 1973, Jean Eustache)



  • Todos os dez episódios de DEKALOG (a.k.a. DECÁLOGO, 1988, Krzysztof Kieslowski)


2 comentários:

Short of the Day #30



Sozinho em casa.
Nos doze sublimes minutos de TWO: A FILM FABLE (a.k.a. THE PARABLE OF THE TWO), Satyajit Ray fabula sobre as profundas divisões económicas da Índia (à época de produção desta curta, acabada de recuperar a sua independência), através da "rivalidade material" de duas crianças, provenientes de estratos sociais opostos, com uma conclusão de mestral emotividade.



  • . Ficha Técnica / Credits:
Realização / Argumento / MúsicaSatyajit Ray
FotografiaSoumendu Roy
Ano1965
PaísÍndia

0 comentários:

Short of the Day #29



Em memória de Harun Farocki (1944 - 2014).
"How can we show you napalm in action? And how can we show you the injuries caused by napalm? If we show you pictures of napalm burns, you'll close your eyes. First you'll close your eyes to the pictures. Then you'll close your eyes to the memory. Then you'll close your eyes to the facts. Then you'll close your eyes to the entire context." THE INEXTINGUISHABLE FIRE, onde o autor dá a alma e (sobretudo) o corpo a um genuíno manifesto artístico e filosófico.



  • . Ficha Técnica / Credits:
Realização / Produção / MontagemHarun Farocki
FotografiaGerd Conradt
Ano1969
PaísEUA

0 comentários: